Sindicato Nacional da Indústria de Produtos de Cimento

Sindicato da Indústria de Produtos de Cimento do Estado de São Paulo

Menu

Informativo Online -

30.04.19 | Ed. 485 | SETOR AMBIENTAL DEVE SER ALIADO PARA O DESENVOLVIMENTO DO PAÍS



Presidente do Ibama, Eduardo Fortunato Bim, foi o convidado de Conselhos Superiores da
Fiesp e debateu a nova fase da autarquia com o setor produtivo
.

Recebemos na tarde de ontem (29) na sede da Fiesp, o Presidente do Ibama, Eduardo Fortunato Bim, que foi o convidado de Conselhos Superiores da Fiesp e debateu a nova fase da autarquia com o setor produtivo.

Em reunião conjunta, de diversos Conselhos Superiores da Fiesp, Eduardo Fortunato Bim, presidente do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama), tratou da nova fase do órgão, no governo de Jair Bolsonaro.

Entre os temas tratados neste encontro com o setor produtivo, o licenciamento ambiental, o incremento dos planos de manejo e capacitação, concomitante à preservação florestal, contando inclusive com os moradores locais, e a sinergia esperada entre o órgão e os Estados e municípios. O objetivo é reunir a preservação do meio ambiente e o desenvolvimento do país.

José Carlos de Oliveira Lima, presidente dos conselhos deliberativos do Sinaprocim/Sinprocim, presidente do Consic e vice-presidente da FIESP, foi representado pelo Manuel Carlos de Lima Rossito que ressaltou a importância da parceria e entendimento do Ibama que é necessário para evolução da Construção Civil. Bim, afirmou que é necessário melhorar a educação como um todo e inclusive a ambiental para enfrentar os mitos com os grandes empreendimentos para melhorar a regulamentação do setor. Completou dizendo que é extremamente válido aos interessados abrir esse discurso.

Eduardo Bim também respondeu sobre o Licenciamento ambiental para as empresas e ressaltou a importância de abrir sim discussão para agilidade desta demanda.

Eduardo Fortunato Bim, presidente do Ibama, participa de reunião conjunta de Conselhos Superiores da Fiesp: Cosema, Cosag, Coscex, Conjur, Coinfra e Consic. Foto: Karim Khan/Fiesp

Quando questionado sobre o Cadastro Ambiental Rural (CAR), o presidente do Ibama o avalia como uma boa ferramenta ao lado de outros sistemas como apoio à fiscalização e autuação.

Quanto ao Acordo do Clima, Bim reforçou que o Brasil está, sim, no Acordo de Paris, ainda que alguns pontos possam ser revistos, mas “estamos tranquilos” quanto ao tema.

Ao citar o déficit fiscal do país, Bim comentou que o corte de verba do Ibama na ordem de 24%, determinado pelo Ministério do Meio Ambiente, está inserido na nova política econômica e a autarquia terá de se reinventar e “fazer mais com menos”.

Participaram do encontro integrantes dos Conselhos Superiores de Meio Ambiente (Cosema), de Comércio Exterior (Coscex), da Indústria da Construção (Consic), da Infraestrutura (Coinfra), do Agronegócio (Cosag) e de Assuntos Jurídicos e Legislativos (Conjur).

Fonte: Agência Indusnet Fiesp


|

30.04.19

ID: 043019

SINAPROCIM / SINPROCIM
(11) 3149.4040 FAX: (11) 3149.4049 Av. Paulista, 1313 10º andar - Cj. 1070 01311-923 - São Paulo/SP
Para garantir que nossos informativos cheguem em sua caixa de entrada, adicione o e-mail online@sinaprocim.com.br ao seu catálogo de endereços. O Sinaprocim/Sinprocim respeita a sua privacidade e& é contra o spam na rede. Se você não deseja mais receber nossos e-mails, Cancele sua inscrição aqui.